Projeto

O Projeto Rede de Cooperação da Fileira das Tecnologias e Serviços do Agronegócio é desenvolvido com o objetivo de promover uma rede cooperativa multissectorial, englobando desta forma todo e qualquer agente que intervenha no desenvolvimento do agronegócio.

Com o intuito de cimentar essa cooperação, pretendem-se criar condições para o desenvolvimento de uma nova filosofia, comum a todos os atores envolvidos, através da padronização de um comportamento de partilha de recursos materiais e imateriais. Pretende-se ainda que as empresas aqui representadas desenvolvam projetos em conjunto, os quais servirão para o reconhecimento da importância deste desafio.

O projeto contribui para o desenvolvimento técnico das empresas englobadas no sector do agronegócio, prevendo assim a realização de diferentes eventos que permitam uma partilha de know-how entre as empresas e as entidades do Sistema Científico e Tecnológico nacional.

Consequentemente, permite reforçar o papel e o reconhecimento da excelência dos produtos e serviços oferecidos pelo mercado português, potenciando o seu percurso de internacionalização.

Face ao diagnóstico da fileira do Agronegócio, o Agrocluster do Ribatejo e Inovcluster, enquanto entidades que representam os sectores de atividade ligados à agro-indústria em Portugal, entenderam oportuno desenvolver o sector das tecnologias e serviços do agronegócio, numa perspetiva de integração destas atividades na fileira, tendo por objetivos estratégicos:

- criar condições favoráveis a um crescimento sustentável da cadeia de valor, alinhando estratégias de desenvolvimento em torno dos eixos de intervenção prioritários para os clusters respetivos

- sustentar o processo de internacionalização da fileira do agronegócio em fatores de competitividade como a inovação, o empreendedorismo e a cooperação empresarial, a montante e a jusante dos sectores de atividade que a integram

- valorizar a oferta nacional em mercados cada vez mais exigentes, garantindo uma resposta eficaz e diferenciada, com elevados padrões de qualidade e excelência dos produtos

- provocar um efeito de arrastamento da economia com elevado impacto em outros sectores de atividade, assim como para o desenvolvimento sustentável das regiões onde estes se encontram instalados

A concretização destes objetivos, passa pela implementação de um conjunto de atividades de projeto, resultando em outputs de utilidade pública e de apropriação por parte dos empresários do sector.

A sua execução procura dar resposta às principais debilidades identificadas em diagnóstico, de forma articulada e sequente, partindo de um estudo de levantamento de caracterização da Fileira Portuguesa de Tecnologias e Serviços do Agronegócio e terminando na constituição de uma Rede de Cooperação Internacional que possibilite um crescimento sustentado em fatores de inovação e internacionalização das empresas.

Assim, o projeto é desenvolvido através seguintes atividades principais:

1 - Levantamento, caracterização e sistematização da oferta da Fileira Portuguesa de Tecnologias e Serviços do Agronegócio, permitindo um conhecimento das suas potencialidades técnicas e de mercado, como ponto de partida para o estabelecimento de relações comerciais edificantes

2 - Constituição da Base Nacional de Empresas, numa plataforma acessível e atualizada, facilitando o acesso à informação por parte da fileira

3 - Benchmarking Internacional, identificando práticas de cooperação e transferência de I&D de outros Países com tradição no agro-industrial, que permita a incorporação e adaptação à nossa realidade

4 - Encontro Universidades SCT/Empresas, estimulando a cooperação e transferência do conhecimento, em benefício das empresas, promovendo a inovação tecnológica em contexto de internacionalização;

5- Internacionalização da Fileira, procurando identificar novos mercados atrativos para as empresas nacionais que atuam neste sector

6 – Realização de um Congresso, com objetivo de promover a disseminação, a demonstração, a transferência de práticas e promover o conhecimento internacional

7 - Criação de uma Rede de Cooperação Internacional, capaz de aproveitar sinergias entre os seus membros, nivelar os níveis de desempenho e garantir dimensão para competir em mercados internacionais.

"(...) Agronegócio é desenvolvido com o intuito de promover uma rede cooperativa multissectorial, englobando desta forma todo e qualquer agente que intervenha no desenvolvimento do agronegócio."

Agenda

CONGRESSO
INTERNACIONAL
TECNOLOGIAS E SERVIÇOS PARA O AGRONEGÓCIO

Saiba mais »
CONGRESSO
INTERNACIONAL
TECNOLOGIAS E SERVIÇOS PARA O AGRONEGÓCIO

Saiba mais »

Contacte-nos